Menu fechado

Satélite brasileiro que tem participação do Grupo Akaer segue para a Índia

 

O satélite Amazônia 1, o primeiro satélite para Observação da Terra integralmente projetado, montado e testado no Brasil e que tem a participação do Grupo Akaer, embarca nesta terça-feira (22) para a base de lançamento na Índia, de onde deve ser enviado ao espaço em fevereiro de 2021.

O Amazônia 1 conta com câmeras desenvolvidas, manufaturadas e montadas por duas empresas do Grupo Akaer, a Opto Space & Defense e a Equatorial Sistemas S.A. A expertise na área de câmeras satelitais foi conquistada graças às pesquisas de desenvolvimento e inovação nos últimos anos que tiveram o apoio e o financiamento da Fapesp e da Finep para garantir a soberania do país nesse setor.

Entre as características da câmera produzida pelo Grupo Akaer estão a grande faixa de cobertura para o monitoramento da Terra, conseguindo alcançar 800 km de uma única vez.  Além da imagem colorida como em câmeras convencionais (RGB), a câmera presente no Amazônia 1 fornece imagem infravermelho próximo, que os olhos humanos não enxergam.  As imagens produzidas pela câmera terão alta precisão e contribuirão significativamente para o controle do desmatamento da Amazônia.

 

 

Veja também

Constelação de Satélites Brasileira para desafios nacionais